07/06/2010

Leitura na praça Benedito Calixto

07/06/2010
O Autor na Praça - projeto que recebe convidados na praça Benedito Calixto, neste sábado, dia 12, recebe o poeta recifense Valmir Jordão em tarde de autógrafos e leituras.

Jordão acaba de chegar à cidade de São Paulo e autografará o seu livro mais recente “Hai Kaindo na Real & outros Poemas” e dois documentários sobre ele e a cena poética de Recife em DVD: “Ninguém me ama, ninguém me quer, ninguém me chama de Baudelaire” e “Um Verso e um copo de Cachaça”, para completar acontecerá uma tarde poética com leituras de suas poesias.

Há mais de 30 anos o poeta Valmir Jordão está com o pé na estrada com suas poesias e performances, tendo participado de importantes movimentos literários em Recife e outras cidades, podemos destacar “Movimento Marginal Recife” – PE; “Balada Literária” – SP, 2008 e feira Internacional do Livro de Porto Alegre – RS, 2008. Saiba mais sobre Valmir Jordão aqui.


Serviço
O Autor na Praça com o poeta recifense Valmir Jordão.

Dia 12 de junho, sábado, a partir das 14h.
Espaço Plínio Marcos - Tenda na Feira de Artes da Praça Benedito Calixto - Pinheiros.
Informações: Edson Lima – 9586 5577 - edsonlima@oautornapraca.com.br
Grátis
Realização: Edson Lima e AAPBC – Associação dos Amigos da Praça Benedito Calixto.
Apoio: Encontro de Utopias e Femina Arte, Max Design, Cantinho Português, Jornal da Praça, TV da PRAÇA, Enlace-media.com e Restaurante Consulado Mineiro.

Sobre o livro Hai Kaindo na Real & Outros Poemas, são duas obras em uma. Primeiro, a produção mais recente, haikais desconcertantemente líricos e/ou corrosivos. Desde o sem título: “O rio corre / As árvores curvam-se / O outono passa.” até Da Segurança: “Contribuinte otário! / Anda bem mais confiante / o ladrão do erário”. E na segunda parte, uma seleção dos poemas mais antigos, recolhidos em suas três décadas de poesia, como a mais famosa de suas pérolas, o poema Justiça Total: “Coca para os ricos. / Cola para os pobres. / Coca-Cola é isso aí!”. Com 86 páginas, traz 48 poemas, tem prefácios de Antonio de Campos e do saudoso Poeta França, além de ilustrações de Jorge Lopes, Camilo Maia, Diogo Todé, Henrique Koblitz, Flavão e Joana Velozo e edição de Du Nascimento. A obra, que foi produzida com o apoio do SINTTEL – Sindicato dos Trabalhadores em Telefonia de Pernambuco.


0 comentários:

Twitter


Ocorreu um erro neste gadget
 
Cultura Grátis em São Paulo ◄Design by Pocket, BlogBulk Blogger Templates